Como escolher a bike ideal para cada atividade?

post_bike

A bicicleta vem se tornando cada vez mais popular, e seu uso cresceu muito nos últimos anos, seja para o lazer, para a prática de exercícios em busca de uma vida mais saudável, como opção de locomoção no dia a dia, e, até mesmo, para a disputa de competições amadoras ou profissionais.
Com tantas opções, o principal aspecto para quem quer incorporar o uso bicicleta a sua rotina é definir qual o modelo mais adequado para atender suas necessidades.

Muitos preferem começar com um modelo básico, até tomar gosto pela prática, e só então investir em modelos e acessórios melhores e mais modernos. Comprar um modelo usado pode ser uma boa alternativa nesta fase de experimentação, mas dê preferência por produtos de lojas e oficinas especializadas, que tenham passado por uma revisão.

A questão mais importante no momento da escolha é definir qual é o objetivo ao realizar a compra. Há três tipos básicos de bicicleta no mercado:

Bicicletas de Passeio – Ideais para o uso na cidade
Indicado para se locomover pela cidade, passear e se divertir. Em geral, são os modelos mais leves e mais baratos. As bicicletas dobráveis são ótimas para o uso de transporte híbrido, ou seja, são mais fáceis de carregar no transporte público.

Bicicletas de Estrada – Ideais para quem precisa de velocidade
Indicadas para uso no asfalto e em outros terrenos regulares. Esta categoria apresenta alta performance e permite atingir uma velocidade maior. Requerem um maior preparo físico, pois o condutor deve andar com uma postura inclinada (menos confortável).

Bicicletas de Mountain Bike – Ideais para esportes na montanha
Estas aguentam terrenos irregulares pois são equipadas com pneus mais largos e sistema reforçado de suspensão. Podem também ser usadas na cidade, mas são menos confortáveis que as bicicletas de passeio.

Seja qual for a sua escolha, não esqueça de investir nos acessórios, sobretudo os itens básicos de segurança como capacete, sinalizadores e calçados adequados, entre outros, que são indispensáveis.

Procure se informar também sobre as normas de segurança e trajetos das ciclovias na sua cidade. Tanto as prefeituras quanto as associações de usuários de bicicleta divulgam informações úteis para que você possa aproveitar ao máximo a sua bike.

Bom passeio, bom esporte e boa locomoção!

Escrito por: Ink